06 DICAS PARA GERENCIAR AS CONTAS PESSOAIS E DO CONSULTÓRIO

Por Daniela Sciascia

COMO GERENCIAR AS CONTAS PESSOAIS E DO CONSULTÓRIO? 

Um dilema que muitos empreendedores vem sofrendo, é a separação entre as finanças pessoais e da empresa. Para os Psicólogos, a mesma dificuldade acontece no caso das contas do Consultório.

Entender o Consultório como uma Empresa e administrar a separação entre contas, é um ponto importante para que o empreendedor tenha o conhecimento do lucro real do seu negócio, e o resultado financeiro do seu investimento. Isto possibilitará pensar em projeções para o futuro e vibrar com o seu sucesso.

Os ganhos também acontecem no lado das finanças pessoais, o empreendedor poderá controlar melhor sua vida financeira, controlando seus ganhos, gastos e economias.

Para começar a organizar a separação, devemos ter em mente que algumas despesas do consultório podem ser facilmente confundidas e serem consideradas  como contas pessoais. Como por exemplo: aluguel da sala, custas com alimentos e transportes em visitas a empresas/clientes, curso de aperfeiçoamento, e até a utilização do mesmo cartão de crédito.

Este último item (cartão de crédito), merece uma maior atenção, pois facilmente confundimos e misturamos os gastos na utilização do mesmo cartão.

E então? Como podemos separar e organizar as contas, de forma que o gerenciamento e planejamento seja mais eficaz?

06  DICAS PARA MELHORAR O CONTROLE DAS SUAS FINANÇAS PESSOAIS E DE SEU CONSULTÓRIO:  

1 – SEPARE SUAS CONTAS – Mesmo que você não tenha um CNPJ, tenha DUAS contas Pessoa Física. Isto facilitará a separação das despesas e remunerações.

2 – SEPARE OS CARTÕES DE CRÉDITOS – Ter cartões de créditos separados também possibilitará o direcionamento correto das despesas.

3 – TENHA O CONTROLE DE SUAS CONTAS –  Fazer um mapa das suas finanças (pessoais), possibilitará verificar qual a remuneração necessária para cobrir suas despesas e poupar algum valor.

4 – DEFINA SUA REMUNERAÇÃO – Estabeleça uma retirada mensal (pró labore) e o que restar deixe como uma reserva financeira do consultório.

5 – GERENCIE SEUS NÚMEROS – Elabore um demonstrativo de resultado mensal do consultório, para acompanhamento das despesas, entradas e lucro. Isto é muito importante para planejar o seu crescimento.

6 – FACILITE SUA VIDA – Existem vários  sites e aplicativos que oferecem planilhas de despesas e orçamentos. Escolha um para ser o facilitador do seu gerenciamento financeiro.

Quando falamos em Qualidade de Vida, logo pensamos em realização de atividades físicas, alimentação, bem-estar, tranquilidade etc,  mas dentre estes itens, devemos pensar também em  uma  vida financeira saudável.

Espero que estas dicas possam ajudar você empreendedor, em uma melhoria na organização financeira pessoal e de seu consultório  para que suas metas  possam ser alcançadas e seus sonhos realizados.

Tem alguma dúvida sobre seu gerenciamento e planejamento financeiro?

Deixe nos comentários, teremos o maior prazer em ajudá-l@ a conquistar melhores resultados!

Related posts: